Revista Sucesso

Atualizado em

Gastronomia

Um resgate à cozinha de herança

Aliando técnica e sentimento, Chef Ricardo Nakamura propõe levar lembranças de sabor à comida de buffet

Da redação





Chef Ricardo Nakamura

“Quando uma pessoa se propõe a executar um cardápio, ela precisa pensar no resultado que deseja alcançar. Isso envolve técnica, é claro, que vai desde a combinação dos temperos e sabores até o tempo de cocção. Mas muito além da técnica, é preciso ter sentimento, gostar do que faz, paciência e persistência para que o resultado seja bom. Tem a ver ainda com não se preocupar com o tempo de preparo, ainda que demande horas de cozimento, não ter pressa.” Tanto sentimento pela gastronomia levou o chef Ricardo Nakamura a desenvolver uma proposta para o gênero comida de buffet, partindo da ideia de levar mais sabor aos pratos. “Quero que o resultado remeta as pessoas a lembranças de sabor, preparadas quase sempre de forma instintiva pelas nossas mães, tias e avós. Elas não seguiam receitas ou técnicas, mas tinham muito sentimento. Hoje, temos muitos estudos e técnicas, mas ainda precisamos resgatar o sabor, o sentimento, as sensações despertadas pelo paladar.” Ao lado da sócia Ana Carolina Deliberador, Ricardo comanda em Londrina o espaço Estação Buffet.



“Quando se trabalha com buffet, trabalha-se com 200, 300 pessoas. Por isso, a técnica é indispensável, mas sem abrir mão do sentimento”, afirma Ricardo. Dentro dessa proposta, o chef conta que procura personalizar cada cardápio, conforme o perfil do cliente, o tipo de evento, a estação do ano, o astral e a bebida que será servida. “Prefiro fechar o cardápio com o cliente próximo da data do evento, pois assim alguns detalhes podem ser alterados.”




O profissional revela que busca inspiração para seus cardápios nos diversos cursos que realiza dentro e fora do país e em suas viagens. O próximo destino, ele adianta, será a Espanha, onde fará um curso de gastronomia mediterrânea. “Estou sempre em busca de novidades e novas tendências”, acrescenta.
Para Ricardo, cada etapa é importante, desde a elaboração até a finalização, ou seja, a arquitetura em que os elementos serão dispostos no prato. “Quando volto à cozinha de herança, posso servir um prato simples como canudinho de maionese, mas com uma roupagem completamente nova.” Ele complementa que a gastronomia, assim como a moda em geral, segue tendências que se transformam com o tempo, mas não com a mesma velocidade. “A cozinha exige experimentações constantes, por isso as tendências não são tão passageiras”, conclui.



Estação Buffet
Rua Paraíba, 579 - Londrina PR
(43) 3356-7722

 

Ricardo Nakamura, chef, buffet, sucesso, revista bem-estar
Mais lidas
  1. Soluções inteligentes e funcionalidade
  2. Educação Infantil: um mundo de descobertas
  3. Cuidar das articulações garante vitalidade
  4. Ouvir bem é vida
  5. Disfunção eréctil: será que vou ter?
Leia também
  1. Sal, o Melhor Tempero
  2. A menina dos seus olhos
  3. Conheça alimentos saborosos que ajudam a...
  4. Receitas veganas e saudáveis para aproveitar o...
  5. Chegada do Inverno convida para uma boa taça de...