Revista Sucesso

Atualizado em 08/08/2016

Ultrassom: fundamental durante a gestação

Já no início do segundo trimestre, por volta da 12ª semana, a ultrassonografia é importante para detectar sinais de problemas genéticos

Da redação



A descoberta da gravidez é um momento importante e único na vida da mulher. Traz alegrias, ansiedades, expectativas e demanda atenção e cuidados especiais, que vão desde a alimentação adequada até exames fundamentais.

O primeiro passo para uma boa gestação é buscar um médico de confiança para fazer o pré-natal. Na sequência é importante conversar com o profissional sobre os exames que precisam ser realizados. Entre os mais solicitados, está o ultrassom, um exame não invasivo e isento de contraindicações tanto para a mãe quanto para o feto. Com ele, o médico tem acesso a informações importantes sobre o progresso da gravidez e o desenvolvimento do bebê. Não há regras sobre o número de ultrassons que a gestante pode ou deve fazer. No geral são indicados entre três e quatro. No início da gravidez, o exame é recomendado, entre outras razões, para descartar um aborto espontâneo ou ainda descartar uma gravidez ectópica ou molar. Além de determinar a idade gestacional e se há um ou mais bebês.

Já no início do segundo trimestre, por volta da 12ª semana, a ultrassonografia é importante para detectar sinais de problemas genéticos como a síndrome de Down. Na sequência, após a 20ª semana, é realizado o ultrassom morfológico, um exame mais detalhado e um dos mais importantes, em que é possível verificar o coração do bebê, formação do cérebro e outros órgãos e avaliar se o desenvolvimento está dentro do esperado. Enfim, avaliar toda a configuração do bebê. O ideal para um estudo completo é realizar o exame entre 24 e 26 semanas.

Por fim, mais para o final da gravidez, o ultrassom é importante para acompanhar, entre outras coisas, o crescimento do bebê, o nível do líquido amniótico e determinar a posição do bebê e da placenta, para que a mamãe possa aguardar com mais tranquilidade o seu nascimento. Esse último ultrassom ainda reforça alguns resultados anteriores. Se o médico observar qualquer alteração nesses exames, ele pode indicar a realização de outros procedimentos.

O importante é que as gestantes realizem todos os exames e façam o acompanhamento do pré-natal para se prevenir e também para a saúde de seu bebê. Na MP Diagnósticos em Londrina, os exames de imagem, entre eles o ultrassom, são realizados por profissionais qualificados e atenciosos, oferecendo os cuidados e assistência que as mulheres precisam.

 

MP DIAGNÓSTICOS
Av. Bandeirantes, 556
(43) 3027.8300 – Londrina PR

 

Ultrassom, gestação, revista bem-estar, sucesso, MP Diagnósticos
Mais lidas
  1. Soluções inteligentes e funcionalidade
  2. Educação Infantil: um mundo de descobertas
  3. Cuidar das articulações garante vitalidade
  4. Ouvir bem é vida
  5. Disfunção eréctil: será que vou ter?