Revista Sucesso

Atualizado em 10/05/2018

Para Construir

Rabelo & Secco Engenharia entrega o Edifício Pioneiros e lança o Jardins, em Sertanópolis

Sob o conceito de residências suspensas, com tecnologias diferenciadas, Rabelo & Secco Engenharia prioriza a inovação e o conforto dos usuários

Da redação

A Rabelo & Secco Engenharia, sucessora da Construtora Serteng, empresa tradicional em Londrina e pioneira na Gleba Palhano, fez a execução técnica do Edifício Pioneiros, em Sertanópolis, sempre perseguindo tecnologia diferenciada, estabelecendo como meta as Normas Técnicas, buscando a inovação e pensando sempre no conforto dos usuários do residencial.

Maria Clarice R. Moreno e Ney Humberto Secco, diretores

“Trabalhamos para que os apartamentos do edifício Pioneiros tivessem o conceito de residências suspensas, que aliam o conforto de uma casa à segurança e comodidade de um edifício.” No Pioneiros, cada unidade pode ser personalizada pelos moradores conforme a necessidade de cada família. A engenheira Maria Clarice Rabelo explica que isso foi possível em função do sistema executivo que deixou os itens básicos executados, conferindo a qualidade da estrutura e dos serviços.

Diferenciais importantes

Manta acústica. No Edifício Pioneiros foram colocados manta acústica nas áreas sociais e dormitórios e um isolamento entre as unidades de mesmo andar, com paredes duplas. “Isso garante uma tranquilidade acústica, principalmente em relação àquelas situações em que a culpa, quase sempre, é das mulheres: o barulho dos saltos dos sapatos e tamancos que tanto perturbam os vizinhos do apartamento de baixo.

Cobertura sem telhas, com sistema de impermeabilização e sistema de isolamento acústico. “Esta metodologia vem tirar o mito de que o sistema de cobertura com impermeabilização vai causar vazamentos no futuro. Sendo um sistema tecnicamente bem concebido, como foi feito no Edifício Pioneiros, chega-se a um valor final que pouco difere do sistema de cobertura com telhas, sejam elas de fibrocimento ou metálicas, tipo “sanduíche” com núcleo de EPS (isopor)”, destaca a engenheira. A diretora da construtora lembra que é impossível controlar todos que sobem na cobertura, que sempre existirá uma nova antena, um novo sistema de segurança, e as telhas acabam sofrendo com quebras ou amassamentos, causando, aí sim, vazamentos e as famosas “emendas” nas telhas. “No caso do Edifício Pioneiros, foi colocado mais um acabamento cimentado com estruturação em função das placas de aquecimento solar. Após a colocação de todo o sistema, foi colocada vermiculita ou argila expandida, a mesma usada em paisagismo, colaborando com o isolamento da laje.”

Sistema de aquecimento solar de água quente. Segundo Maria Clarice, Casa do Sol, o fornecedor deste sistema, foi cuidadosamente escolhido, pois como é um produto de maior escala, não muito utilizado, existe muita especulação, empresas que querem apenas colocar “mais placas”, o que não é uma realidade. “É necessário que os engenheiros fiquem atentos nas especificações técnicas e na empresa que tem apelos de marketing não condizentes com as Normas Técnicas.” O resultado de um sistema de placas solares comparado a um aquecedor a gás em cada apartamento é muito grande. Sem contar a economia de utilização e a  diminuição da conta de gás mensal, temos o custo dos aquecedores em cada unidade mais o custo do sistema, diminuindo consideravelmente o custo final de recuperação do investimento. “Reforço que o segredo do sucesso deste sistema é o entendimento técnico para a aquisição.”

Projeto arquitetônico

“O projeto arquitetônico elaborado por um profissional com grande experiência é muito importante, pois um projeto de edifício tem uma escala exponencial de complexidade por ter que se adaptar a todos os projetos necessários na execução da obra”, diz a diretora. Neste caso, segundo ela, o arquiteto Adriano de Jonge, responsável pelo arquitetônico, se destaca com louvor. “Compatibilizações mal executadas serão percebidas no dia a dia dos moradores. E, principalmente, se bem executadas, diminuem o custo final da obra, embora isso nem sempre é possível de ser mensurado por se tratar de definições técnicas”, esclarece.

Aquecimento solar

“É necessário que os engenheiros fiquem atentos nas especificações técnicas e na empresa que tem apelos de marketing não condizentes com as Normas Técnicas.”


Residencial Jardins

O Residencial Jardins está sendo executado a 50 metros do Edifício Pioneiros por uma equipe técnica de projetistas. O projeto arquitetônico é também assinado pelo escritório Adriano de Jonge e os outros projetos - estrutural pelo L.C. Zocco; elétrico pela Engebrazil e o hidráulico pela Hidralon, que também é responsável pela prevenção de incêndios - conferem itens de sustentabilidade e manutenibilidade, que garantirão a qualidade acrescida de novas tecnologias surgidas neste espaço temporal do início das obras.“Como diferencial”, argumenta a engenheira, “além do isolamento acústico e placas de aquecimento de água, o Jardins possui uma área de lazer diferenciada que, além da sala de fitness e salão de festas, terá outros atrativos como piscinas aquecidas (adulto e infantil), sauna e um gerador de energia que atenderá os elevadores e iluminação da área comum. No sistema de projeto elétrico serão agregadas muitas novidades visando a economicidade de energia e diminuição do valor de condomínio mensal”.
A personalidade e o aconchego de um apartamento com conforto de uma casa poderão ser sentidos por todos os espaços, inundados pela luz natural que entra pelas amplas janelas de vidro, com o sistema integrado, com persianas que se recolhem dando 100% de vão-luz aos ambientes.

Fornecedores:

Atlas Schindler 0800-055-1918
Casa do Sol (43) 3357-4767
Depósito Maringá (43) 3327-4545
Sertamix (43) 3232-5440
Yabe Alumínio (43) 3039-0399
NJ Portas (43) 3232-2466
Zanuto Engenharia Civil (43) 3232-2311
E.b Enge Brazil (43) 3323-1228


Rabelo & Secco, arquitetura, Sertanópolis
Mais lidas
  1. Soluções inteligentes e funcionalidade
  2. Educação Infantil: um mundo de descobertas
  3. Cuidar das articulações garante vitalidade
  4. Ouvir bem é vida
  5. Disfunção eréctil: será que vou ter?
Leia também
  1. Corrosão de armadura: a doença que destrói sua...
  2. Como prevenir problemas e atrasos em obras
  3. Aquisição de imóveis. Como escolher um bom...
  4. O que é a Norma de Desempenho NBR 15575
  5. Construção civil: Brasil em 4º lugar do mundo