Revista Sucesso

Atualizado em 06/02/2017

Qualidade de vida

La La Land: Um Filme Sobre Sonhos

É fácil ir ao cinema assistir La La Land: Cantando Estações pensando que se vai assistir a um romance. Não, esse musical fala sobre sonhos. E como as nossas escolhas podem levar a eles ou não.

Da redação

É fácil ir ao cinema assistir La La Land: Cantando Estações pensando que se vai assistir a um romance. Eu não fui com expectativa nenhuma. Sinceramente, queria assistir por ser um musical (vocês sabem que eu amo) e por ter ouvido comemtários maravilhosos sobre o filme. Mas nem sabia sobre o que era. Porém, o filme que ganhou todos os Globo de Ouro a que foi indicado e igualou o recorde de indicações ao Oscar de Titanic é mais do que um simples romance. Não, esse musical fala sobre sonhos. E como as nossas escolhas podem levar a eles ou não. Ou como é importante abrir mão de algumas coisas para chegar lá.

La La Land
Como o próprio título em português já anuncia, o filme é contado (e cantado) em estações. Começando no Inverno, acompanhamos Mia em suas inúmeras audições e Sebastian enfrentando seus problemas. Sebastian tem um sonho de ter seu próprio clube de jazz. Mas esse clube tem que ser exatamente no lugar que ele quer e tem que ter o nome que ele quer, mesmo que ninguém entenda o sentido logo de cara. É muito interessante ver Sebastian falando sobre jazz. Qualquer assunto quando comentado por alguém que é apaixonado acaba ficando interessante. E o filme mostra isso com clareza através dessa paixão dele por jazz.

Já Mia largou a faculdade e resolveu morar em LA, sozinha, para ir atrás do seu sonho de ser atriz. Ela realmente luta pelo que quer, mesmo que isso às vezes queira dizer ter o teste interrompido por alguém que quer comprar um sanduíche.

Quando Mia e Sebastian se encontram, o relacionamento dos dois vai trazer vários ensinamentos um para o outro. Uma das coisas mais lindas do relacionamento deles é como eles aprendem um com o outro. Não vou discutir os pormenores, porque infelizmente isso significaria soltar spoilers, o que estragaria a experiência para quem não viu. Mas posso dizer que é maravilhoso ver o desenvolvimento dos dois e o impacto que um tem na maneira do outro ver a vida. Temos dois personagens principais que correm atrás dos seus sonhos, sim, mas que estão um pouco perdidos. E é no outro que eles se encontram

Indicações
A qualidade do filme é maravilhosa e justifica todas as indicações que o filme já conseguiu. Não sei se o filme vai ganhar as categorias principais (a Academia é chata nesse aspecto), mas acredito que várias categorias técnicas já estejam no papo. Realmente espero que o filme ganhe o Oscar para Melhor Canção Original. Nessa categoria, ele concorre com duas músicas diferentes, City of Stars e Audition (The Fools Who Dream). Apesar de vários blogs especializados apostarem em City of Stars como a favorita, minha paixão é mesmo Audition (The Fools Who Dream), interpretada por Emma Stone. A música e a letra dessa canção são simplesmente maravilhosas. Sério, acho que conseguiria escrever um post só sobre ela. Ainda bem que a trilha sonora inteira está no Spotify porque eu não consigo parar de ouvir. Mas, como eu não entendo muito a parte técnica, pode ser apenas a visão de uma amadora.

Eu saí do cinema com uma vontade de cantar e dançar e acreditar em mim mesma como fazia tempo que não tinha. Nessas horas lamento muito não ter talento nenhum para canto. Pobre de quem tem que me ouvir cantando.

Aliás, preciso ver La La Land de novo. Acho que tenho um novo filme preferido. E essa sensação é deliciosa.

Siga-me por aí:

www.pequenosretalhos.com

revista sucesso, cinema, la la land, bem estar
Mais lidas
  1. Soluções inteligentes e funcionalidade
  2. Educação Infantil: um mundo de descobertas
  3. Cuidar das articulações garante vitalidade
  4. Ouvir bem é vida
  5. Disfunção eréctil: será que vou ter?
Leia também
  1. A perigosa relação entre depressão e as...
  2. Cuidados com seu pet no verão!
  3. Os benefícios da fisioterapia para pacientes...
  4. Cuidados dermatológicos para pacientes com...
  5. Novembro Azul: 8 mitos e verdades sobre o câncer...