Revista Sucesso

Atualizado em 16/06/2020

Empresas e negócios

Falar bem em público é diferencial no mercado

Confira quais as vantagens da Oratória Assertiva para advogados

Da redação

Que é importante dominar a arte de falar em público para se dar bem em qualquer área da vida, o senso comum já afirma, afinal, todas as atividades humanas passam pela capacidade de relacionamentos interpessoais, da criação de vínculos positivos, mediante uma comunicação assertiva, através de exposições de ideias claras e objetivas e da capacidade de organizar e estruturar os discursos do dia a dia. “Através das palavras buscamos a razão e a emoção, mudamos vidas ou destruímos vidas; através dessa condição humana, buscamos amenizar a dor e o sofrimento através do que acreditamos que seja justo, ou injusto, de acordo com a lei, com nossos valores, princípios e moral”, afirma Sirley Maciel, especialista em oratória.

 

No campo profissional, a comunicação eficiente e a oratória assertiva passam a ser consideradas importantes diferenciais competitivos no mercado. Atualmente, comunicar-se bem, de forma eficiente, clara e objetiva pode ser O instrumento para alavancar carreiras e atingir o sucesso almejado. Para advogados e estudantes de direito essa realidade não é diferente. “Constatamos, em nossa experiência de 30 anos treinando e capacitando pessoas na arte de falar em público, que os advogados e os estudantes de direito sofrem determinadas pressões no desempenho de suas atividades profissionais, as quais, o domínio da oratória é fundamental, tais como sustentação oral, audiências, teses de defesas ou de acusações, reuniões e muitas conversas formais e informais que, salvaguardado algumas atividades durante a formação acadêmica e os estágios, os profissionais são largados à própria sorte, comprometendo seu desempenho profissional e, até mesmo, pessoal”, conta Sirley.

 

A especialista conta quais os procedimentos e técnicas que julga fundamentais para despertar em você advogado(a), a necessidade de buscar mais orientações e treinamentos para que possa desfrutar de mais confiança, segurança e desenvoltura em suas intervenções e atuações com a oratória. Afinal, a arte de falar bem em público para profissionais do direito precisa ser compreendida como o principal instrumento de trabalho.

 

1) Autoconhecimento – conheça suas qualidades e diferenciais comunicacionais; use e abuse do que você tem de melhor. Mas, também, conheça suas limitações, problemas e vícios, pois, é aí que estão seus objetivos para a superação.
2) Autodesenvolvimento – fazer um curso de Oratória ou um processo de Coaching de Oratória é fundamental para o autoconhecimento e autodesenvolvimento. Invista em você e no seu principal instrumento de trabalho: a comunicação assertiva e eficiente.
3) Autovalorização – aprenda a reconhecer e valorizar suas habilidades, competências e qualidades; dê ênfase no seu poder de influência e não nas limitações e dificuldades que terão que ser superadas.
4) Treinar a comunicação não verbal – gestos, movimentações, posturas e micros expressões – afinal, 52% da nossa capacidade de influência passam pela comunicação não verbal.
5) Analisar, conhecer, desenvolver e treinar sua voz, através do conhecimento do seu material vocal: tom, volume, articulação, dicção, entonação, ênfase, ritmo e projeção.
6) Conhecer e exercitar técnicas de como planejar, estruturar e organizar suas apresentações orais. Com a nossa Técnica de L+O = 3Cs, você aprenderá a desenvolver e apresentar suas ideias com lógica e objetividade, que resultará em coerência, concisão e criatividade.

 

Atualmente, não basta saber o que você sabe; é fundamental que você saiba transmitir tudo que sabe. Esse é o grande segredo da oratória moderna: contribuir para que você consiga transmitir tudo o que sabe, de forma eficiente, com desenvoltura e criatividade.

  

como aprender a falar em público, diferenciais de quem sabe falar em público, mercado de trabalho, sucesso no mercado de trabalho
Mais lidas
  1. Soluções inteligentes e funcionalidade
  2. Educação Infantil: um mundo de descobertas
  3. Cuidar das articulações garante vitalidade
  4. Ouvir bem é vida
  5. Disfunção eréctil: será que vou ter?
Leia também
  1. Delegar de forma correta no momento de crise...
  2. Qual o caminho para superarmos a crise hídrica?
  3. Editora Sucesso cria e implanta sites...
  4. Por um Federalismo Igualitário
  5. O Líder Antifrágil