Revista Sucesso

Atualizado em 06/10/2017

Tratamentos

Carboxiterapia na Estética

O método demonstra eficácia na regeneração de tecidos, melhora da circulação sanguínea e resultados estéticos significativos, explica a fisioterapeuta dermatofuncional Vanessa Garibalde

Da redação


A carboxiterapia, como método, é usada desde 1937. Trata-se de um tratamento estético realizado através da infusão de gás carbônico (CO2) que, aplicado sob a pele, tem a função de eliminar celulites, estrias, gorduras localizadas, diminuição da flacidez da pele e rejuvenescimento facial. O método demonstra eficácia na regeneração de tecidos, melhora da circulação sanguínea e resultados estéticos significativos. “A técnica é completa para tratamentos corporais e faciais dentro da área estética. E está se aperfeiçoando ano após ano entre profissionais renomados ao proporcionar efetividade em tratamentos, tanto na associação com equipamentos de última geração, quanto na cosmetologia ortomolecular”, explica Vanessa Garibalde.

A fisioterapeuta dermatofuncional Vanessa Garibalde atua há catorze anos na área estética e há nove anos com propostas terapêuticas associadas à carboxiterapia e ressalta sua eficácia. A profissional explica que a técnica, também conhecida como carboinsuflação, proporciona ao paciente um tratamento estético eficaz, seguro e natural. “A aplicação da carboxiterapia pode ser ampla. O gás quando aplicado no rosto aumenta a produção de colágeno, melhora a oxigenação tecidual e acelera o processo de rejuvenescimento facial, já em glúteos reduz a celulite e em regiões como abdômen e costas no combate à gordura localizada, destruindo as células de gordura pela lipólise. Administrado via cutânea, o gás é atóxico, não embólico, medicinal e com altíssimo grau de pureza.”

Na área da estética, a fisioterapeuta dermatofuncional explica que a carboxiterapia destaca-se no tratamento da lipodistrofia ginóide, flacidez cutânea, adiposidade localizada, estrias, rugas, alopecias, cicatrizes inestéticas, além de ser um tratamento complementar à lipoaspiração.

Sobre o tratamento, a profissional acredita que a dor deve ser desmistificada. “Muito se ouve sobre pacientes que desistem antes mesmo de finalizarem o tratamento. O diferencial está na conduta empregada pelo profissional dentro do tratamento, na associação de aparelhos e técnicas manuais, nas orientações e nos acompanhamentos específicos para cada quadro clínico”, comenta Vanessa.

Em seu consultório, Vanessa conta que os pacientes passam por uma avaliação para definição da proposta a ser executada e o número de sessões necessárias. As contraindicações são para pacientes com insuficiência cardíaca e renal, problemas circulatórios e respiratórios, e gestantes. A fisioterapeuta comenta que o método exige equipamento especializado e lembra que o tratamento pode beneficiar tanto homens quanto mulheres.

  

Vanessa Garibalde, Fisioterapeuta Dermatofuncional
Vanità Estética - Rua Paranaguá, 274
(43) 3066-4774 /  (43) 99866-1195

Carboxiterapia, Estética, Vanessa Garibalde, Vanitá Estética, Estética Londrina, Editora Sucesso, Revista Sucesso, Revista Bem-estar
Mais lidas
  1. Soluções inteligentes e funcionalidade
  2. Educação Infantil: um mundo de descobertas
  3. Cuidar das articulações garante vitalidade
  4. Ouvir bem é vida
  5. Disfunção eréctil: será que vou ter?
Leia também
  1. Mamografia no Brasil: o pior cenário dos...
  2. Entenda como o ômega 3 pode ajudar quem tem...
  3. Varizes são um problema de saúde: conheça os...
  4. Câncer de pele não melanoma é o mais comum no...
  5. Técnica de estimulação cerebral auxilia na...