Revista Sucesso - Câncer de mama: abordagem oncológica e reparadora como tratamento ideal

Revista Sucesso

Atualizado em 11/05/2018

A lei explicada

Câncer de mama: abordagem oncológica e reparadora como tratamento ideal

Nos dias atuais, os avanços no tratamento do câncer de mama têm mudado a evolução desta doença.

Da redação


O câncer de mama é uma doença cujo tratamento muda constantemente.  Anteriormente vista como uma doença limitante e com repercussões sérias para a vida da mulher (como tratamento cirúrgico mutilador), hoje a doença possui, além do tratamento ideal do câncer, a possibilidade de associar técnicas cirúrgicas reparadoras.

Nos dias atuais, os avanços no tratamento do câncer de mama têm mudado a evolução desta doença. Em uma realidade não muito distante da atualidade, receber um diagnóstico como este era para a mulher sinônimo de um tempo de vida limitado e tratamentos agressivos. Entretanto, atualmente há uma evolução significativa tanto no tratamento clínico, como também em relação ao tratamento cirúrgico, que possibilitam resultados cada vez melhores.

Junto a esta mudança de realidade, as pacientes passaram a viver mais tempo e voltar à sua rotina diária, porém o resultado estético do tratamento passou a ser motivo de insatisfação - atualmente, 30% das mulheres submetidas ao tratamento cirúrgico consideram o resultado estético insatisfatório.

Como parte desta nova realidade,  a possibilidade de associar o tratamento do câncer de mama às técnicas de reparação (também chamadas de cirurgia oncoplástica) representa o maior avanço no tratamento cirúrgico da doença. A cirurgia oncoplástica se baseia no tratamento do câncer, associado à  reconstrução da mama acometida pela doença, e a cirurgia para simetrização da mama contralateral durante a mesma cirurgia. Vale lembrar que a reconstrução da mama é uma técnica que pode ser utilizada não só nas cirurgias com a retirada completa da mama - quando utilizam-se as próteses de mama, como também nas cirurgias que têm parte da mama preservada - nas quais utiliza-se o próprio tecido da mama para a correção.

Desta maneira, oferecer à paciente com câncer de mama o tratamento cirúrgico associado à oncoplástica é essencial para um bom resultado oncológico e uma maior satisfação das pacientes com o resultado reparador. Com isto, se alcança de maneira mais rápida e eficaz o principal objetivo do tratamento: melhorar a qualidade de vida sem comprometer o tratamento do câncer.



Dr. Thiago Astorga Martins,
mastologista - CRM-PR  26662 | RQE 20807

Câncer de mama, mastologia, Doutor Thiago Astorga Martins, Londrina
Mais lidas
  1. Soluções inteligentes e funcionalidade
  2. Educação Infantil: um mundo de descobertas
  3. Cuidar das articulações garante vitalidade
  4. Ouvir bem é vida
  5. Disfunção eréctil: será que vou ter?
Leia também
  1. Sabor de nostalgia: o café em todas as fases da...
  2. Saúde bucal X doenças do coração: entenda os...
  3. Série Donas da Rua da História homenageia a...
  4. Dia do Orgulho Autista: música auxilia no...
  5. TARIFA BANCÁRIA