Revista Sucesso

Atualizado em 06/08/2018

Saúde

Agosto Laranja chama atenção para a esclerose múltipla

Da redação

Trinta de agosto marca o dia Nacional de Conscientização da Esclerose Múltipla, data estabelecida pela Lei nº 11.303 para dar visibilidade à doença neurológica que afeta 40 mil pessoas no Brasil e 2,5 milhões em todo o planeta, na faixa de 20 a 40 anos e, ainda assim, é pouco conhecida entre a população e é alvo de muita desinformação acerca dos sintomas e sua evolução.

"Imagine que você precisa usar o computador, mas as letras estão embaralhadas e, apesar de você saber o que precisa escrever, as frases não se completam. Ou que sua visão ficou embaçada, como se tudo estivesse envolto por uma fumaça branca", exemplifica o neurologista Denis Bichuetti, professor adjunto da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e membro da equipe multidisciplinar da AME. "De repente, suas pernas pesam e o chão parece substituído por uma manta elástica, esburacada, que rouba o seu equilíbrio. Uma garrafa de água gelada, nas suas mãos, está quente".

Não se sabe a causa e ainda não há cura. "O diagnóstico precoce e o tratamento certo podem trazer resultados eficazes e qualidade de vida. Manter o uso do remédio correto por mais de 80% do tempo minimiza os efeitos da Esclerose Múltipla", afirma o neurologista.

A cor laranja

 A cor laranja remete à alegria, vitalidade, prosperidade e ao sucesso. Representa a juventude e a vida. A esclerose múltipla é a doença autoimune do sistema nervoso central (cérebro e medula espinhal) que mais acomete jovens adultos no mundo inteiro. Não se sabe o que causa da doença. Ainda não há cura, mas existem muitos tratamentos eficazes. Seus principais sintomas são: fadiga, problemas de visão (diplopia, neurite óptica, vista embaçada), problemas motores (perda de força ou função; perda de equilíbrio), alterações sensoriais (formigamentos, sensação de queimação). A especialidade médica que diagnostica e trata a Esclerose Múltipla é a neurologia.

Fonte: In Press Porter Novelli

Agosto Laranja, esclerose multipla, editora sucesso, sucesso londrina, revista sucesso, revista bem-estar
Mais lidas
  1. Soluções inteligentes e funcionalidade
  2. Educação Infantil: um mundo de descobertas
  3. Cuidar das articulações garante vitalidade
  4. Ouvir bem é vida
  5. Disfunção eréctil: será que vou ter?
Leia também
  1. Cuidados com a saúde não devem ser...
  2. Como os mais velhos podem blindar suas emoções...
  3. Cardiopatia congênita afeta 29 mil crianças/ano...
  4. Dores crônicas têm impacto direto na saúde e...
  5. Dores nos ombros: o que pode ser?