Revista Sucesso

Atualizado em 07/01/2019

Saúde

A IMPORTÂNCIA DO PILATES NAS PATOLOGIAS DA COLUNA VERTEBRAL

A dor na coluna é um mal recorrente na sociedade moderna devido ao  sedentarismo, vícios  posturais aliados à fraqueza muscular e patologias, que estão sendo apontados como principais fatores intervenientes para a ocorrência de dores lom

Da redação

Como todos sabem, as patologias da coluna vertebral viraram o mal do século. Em nosso dia a dia, é muito comum ouvir pessoas de todas as idades relatando dores na coluna. A má postura  e o excesso de tempo gasto na frente do computador, além do uso de bolsas pesadas e calçados inapropriados, podem causar danos ao corpo e principalmente para sua base estrutural, a COLUNA.  

A nossa coluna é um importante sistema que é composto por vértebras entre as quais passa a medula espinhal, e ainda entre as vértebras temos os discos intervertebrais, que sofrem desgaste com o tempo, uso inadequado ou repetitivo. É a coluna que suporta o peso do nosso corpo, e é a responsável pela locomoção e postura, pois ela serve como ponto de fixação para todo o corpo e protege a medula espinhal e seus nervos.  As dores, além de serem incômodas em qualquer situação,  influenciam negativamente na qualidade de vida do indivíduo.

A prática de exercícios físicos e terapias estão sendo indicadas como forma de intervenção e melhora significativa nessa síndrome. Dessa forma , torna-se necessário determinar quais tipos de exercícios são mais aconselhados para a melhora dos sintomas de dor na coluna.

O pilates é um método de atividade física desenvolvido na década de 20 que tem como objetivo principal um conceito chamado contrologia, que nada mais é que o controle consciente de todos os movimentos musculares do corpo. A partir  desse controle corporal é possível realizar exercícios de fortalecimento muscular, alongamento, equilíbrio, exercícios respiratórios e como resultado dessa combinação é o alívio de dor na coluna.

Com o pilates como método para  tratamento você consegue chegar a níveis de recuperação superiores às intervenções tradicionais, pois sua principal característica é o desenvolvimento do corpo de uma maneira uniforme. Os exercícios de pilates estão focados em qualidade e não quantidade, por isso, com poucas repetições, mas bem efetuadas, você pode chegar a um resultado favorável.

Uma boa avaliação é necessária para traçar as metas de tratamento, pois cada individuo é avaliado de forma única para um tratamento diferenciado  e voltado diretamente para suas necessidades individuais.

 Todos podem praticar pilates, desde os adolescentes que sofrem com problemas de coluna por causa do crescimento, excesso de peso nas mochilas ou mesmo má postura, como gestantes , atletas e idosos.

Se você tem alguma queixa de dor na coluna, procure um fisioterapeuta para uma avaliação e lembre-se, prevenir sempre é o melhor caminho.


Dra. Fernanda Kloster
Fisioterapeuta Dermato-funcional e Pilates
CREFITO 103942-F

Editora Sucesso, Sucesso Londrina, Revista Sucesso, Revista Bem-estar, Londrina, Medicina, Dra. Fernanda Kloster, Dra. Fernanda Kloster Londrina, Fisioterapia Dermato funcional, Pilates, Coluna Vertebral
Mais lidas
  1. Soluções inteligentes e funcionalidade
  2. Educação Infantil: um mundo de descobertas
  3. Cuidar das articulações garante vitalidade
  4. Ouvir bem é vida
  5. Disfunção eréctil: será que vou ter?
Leia também
  1. Tatuagem: prós e contras do procedimento
  2. Depressão e ansiedade: atividades físicas são...
  3. Ar seco, fumaça, mudanças bruscas de...
  4. Surdez prejudica convívio familiar e...
  5. Varicocele causa infertilidade no homem