Revista Sucesso

Atualizado em 02/03/2018

Estilo de vida

8º Festival de Blues neste fim de semana em Londrina

Earl Thomas: músico que está pela primeira vez no Brasil, já participou de projetos com Tom Jones, Etta James e Joe Cocker

Da redação

Divulgação - Earl Thomas: músico que está pela primeira vez no Brasil, já participou de projetos com Tom Jones, Etta James e Joe Cocker

Foto: Rei Santos

A 8ª edição do Festival Blues de Londrina acontecerá entre março e outubro de 2018 e as primeiras apresentações do ano começam nesta quinta (1) e sexta-feira (2) com o músico norte-americano Earl Thomas. Ele terá a companhia, no palco do Bar Valentino, de Igor Prado e Justgroove.

O Festival Blues de Londrina tem sido classificado pela crítica especializada entre os cinco melhores eventos do Brasil no estilo e o maior do Paraná. Ele é financiado exclusivamente pela iniciativa privada da cidade. Neste ano, serão três atrações internacionais confirmadas e alguns shows fora da primeira semana de agosto, que é a principal do festival. Duas apresentações serão abertas ao público – uma delas é o "Blues no Lago", que reuniu cerca de quatro mil pessoas em 2017.

Abertura 

 Com 28 anos de carreira, o Kiko Jozzolino Trio apresenta nesta quinta e sexta-feira um show inédito com seis músicas. O grupo é composto por Kiko Jozzolino na guitarra, Gabriel Zara no baixo e Elthon Dias na bateria. Ainda estarão presentes outros convidados especiais como o mestre da percussão Duda de Souza e ainda Miguel Santos na sanfona.

No repertório estão duas músicas próprias, entre elas, o "Forró Blues", que mistura ritmos nordestinos com um pintada de blues e fará parte do novo álbum do grupo, com lançamento previsto em agosto deste ano em comemoração aos 30 anos dele. Na apresentação, o trio terá a participação do sanfoneiro Miguel Santos e o percussionista Duda de Souza. Jozzolino, além de músico, é o organizador do festival e disse estar feliz, pois seria um show único, "mas os ingressos esgotaram rápido e foi organizada uma segunda apresentação (na quinta-feira), que está com apenas poucos ingressos disponíveis", comenta.

Segundo o organizador, quando ele começou a tocar blues na cidade, o ritmo era pouco popular, mas, hoje, "Londrina está tendo uma receptividade muito boa para o blues; shows com ingressos esgotados e muitos grupos que tocam esse ritmo", conta orgulhoso.

Earl Thomas – no principal show da noite, o guitarrista paulistano Igor Prado, indicado ao Blues Music Awards em 2016, se junta a Earl Thomas que vem pela primeira vez ao Brasil. No repertório, tem sua versão para "I'd Rather Go Blind" de Etta James e também "Give Me One Reason" de Tracy Chapman em um arranjo totalmente Bluesy. Dentre as composições próprias de Earl, ele cantará "Soulshine", "Just Another Day In Life", "I'll Love You No Less" e "First and Last Thing On My Mind". Além do guitarrista, estão Jesiel Oliveira na guitarra, Rael Lúcio no contrabaixo, Luciano Leães no piano & hammond e André Azevedo na bateria. Prado comenta que a expectativa é "gigante, ela está a milhão". Ele disse que tocou várias vezes em Londrina, mas é a primeira vez com "a banda nova (Justgroove), que tem um pessoal de São Paulo de 'black music'". "O show vai ser muito especial. O Earl Thomas é um 'showman' por si só (…) e nós vamos botar a galera pra dançar", explica Prado, para quem Londrina tem presença forte na cena musical do Brasil. "Se você pegar a cena de 10 anos atrás e a de hoje, você vê que o negócio se fortaleceu muito", diz o músico e produtor musical.

O norte-americano Earl Thomas já foi indicado ao Grammy - maior e mais prestigiado prêmio da música em língua inglesa - duas vezes e participou de projetos ao lado de artistas como Tom Jones, Etta James e Joe Cocker. Com uma paixão pelo rock dos anos 70 e 80, raízes profundas no "southern gospel" e blues, e treinado em canto erudito, o músico construiu um estilo musical único e uma carreira sólida com mais de 10 álbuns gravados. Suas composições já foram interpretadas por verdadeiras lendas da música como Solomon Burke, Screamin Jay Hawkins, e Tom Jones, tendo composto para Etta James o hit "I Sing The Blues". Suas performances têm sido descritas como "as mais ardentes no blues moderno" com o Lithuania Times declarando que "o blues finalmente encontrou o seu Freddie Mercury!". Com uma poderosa voz Earl Thomas impressiona e cativa ao demonstrar suas habilidades e é justo observar que sua facilidade tem origem além do seu treinamento em canto erudito.

Serviço:

8º Festival Blues de Londrina

Show com Earl Thomas Igor Prado e Just Groove

Kiko Jozzolino Trio

Data: Quinta e Sexta (1 e 2 de março)

Local: Bar Valentino (R. Pref. Faria Lima, 486)

Horário: Pontualmente às 21h

Ingressos: Lojas 5 a Sec Londrina e na portaria (limitados)

Mesas: Disk Blues pelo telefone (43) 3357-1392

Fonte: Folha de Londrina

Festival de Blues, Rei Santos, Kiko Jozzolino, Editora Sucesso, Sucesso Londrina, Cultura Londrina, Revista Sucesso
Mais lidas
  1. Soluções inteligentes e funcionalidade
  2. Educação Infantil: um mundo de descobertas
  3. Cuidar das articulações garante vitalidade
  4. Ouvir bem é vida
  5. Disfunção eréctil: será que vou ter?
Leia também
  1. As melhores adaptações do cinema
  2. Dia Nacional da Doação de Órgãos marca a...
  3. Motor Show realiza a sua 3ª edição em Londrina...
  4. Começa a campanha McDia Feliz 2018
  5. A velha guarda ficou high tech